PI 240 - CAMARA MUNICIPAL - MS WEB RADIO

Governador entregou obras na regi√£o de Dourados e anunciou investimentos privados nesta semana

O governador come√ßou a semana em Dourados, segunda maior cidade do Estado, com entrega de mais de R$ 16,5 milh√Ķes em investimentos em obras na √°rea de infraestrutura, sa√ļde, educa√ß√£o e lazer.

Por Daniel Amaral em 04/09/2021 às 17:23:34
Fotos: Chico Ribeiro

Fotos: Chico Ribeiro

Para melhorar a logística e vias urbanas, o governador Reinaldo Azambuja entregou uma série de obras de infraestrutura na Grande Dourados, nesta semana. Ainda teve o anúncio de novos investimentos privados na regi√£o, que v√£o ampliar o número de empregos e ajudar no desenvolvimento local.

O governador come√ßou a semana em Dourados, segunda maior cidade do Estado, com entrega de mais de R$ 16,5 milh√Ķes em investimentos em obras na √°rea de infraestrutura, saúde, educa√ß√£o e lazer. "O nosso ritmo de investimentos na cidade nunca parou e tem sido a tônica do nosso governo, principalmente nas obras estruturantes".

Governador em Dourados

Entre elas est√° a revitaliza√ß√£o da Pra√ßa Antônio Alves Duarte e Avenida Hayel Bon Faker, assim como a autoriza√ß√£o para constru√ß√£o do Centro de Diagnóstico e Especialidades Médicas e a licita√ß√£o para o prédio da Polícia Militar do distrito de Itahum. Também inaugurou a reforma da Escola Estadual Antônia da Silveira Capilé e a sede da Associa√ß√£o de Pais e Amigos dos Autistas da Grande Dourados.

Na √°rea de assist√™ncia social, ainda contemplou mais de 900 famílias da cidade com cart√Ķes do programa Mais Social. "Com esses cart√Ķes, todos os meses as famílias ter√£o R$ 200 para completar a compra de alimentos, ou de material de higiene pessoal, para dar mais dignidade, e assim escolher o que comprar, seja arroz, feij√£o, macarr√£o ou outro alimento", disse o governador.

Douradina e Itapor√£

As cidades de Douradina e Itapor√£ também receberam investimentos do governo do Estado nesta semana. Entre elas as obras de pavimenta√ß√£o que v√£o melhorar o escoamento da produ√ß√£o local, como as obras na MS-162 e MS-157.

"A obra da MS-157 é para recupera√ß√£o total do asfalto que liga Itapor√£ até a Gleba Santa Terezinha. S√£o R$ 7,5 milh√Ķes. J√° a obra na MS-162 é de implanta√ß√£o e pavimenta√ß√£o do entroncamento da BR-267 até a Placa do Abadio, beneficiando Itapor√£, Dourados e Maracaju. Essa é a primeira frente de obras. S√£o R$ 52,1 milh√Ķes", descreveu o governador em Itapor√£.

Na cidade (Itapor√£) ainda inaugurou as obras de amplia√ß√£o da esta√ß√£o de tratamento de esgoto da cidade. Com R$ 4,2 milh√Ķes da Funasa e da Sanesul, a cobertura de tratamento de esgoto na cidade saiu de 15% para 50%.

J√° em Douradina o governador entrou e lan√ßou obras que ultrapassam R$ 18 milh√Ķes. Entre os investimentos entregues est√£o a obra de pavimenta√ß√£o asf√°ltica em diversas Ruas no Distrito de Cruzaltina (R$ 519,6 mil) e a constru√ß√£o da ponte de concreto armado sobre o Córrego Laranja Doce, na Estrada Barro Preto, que liga Douradina e Dourados (R$ 2,4 milh√Ķes).

Ainda autorizou licita√ß√£o para pavimentar a rodovia Rodovia MS-379, entre a BR-163 e o Distrito de Bocaj√° (R$ 11,5 milh√Ķes); e um conv√™nio de apoio financeiro para a aquisi√ß√£o de uma √°rea para o Polo Industrial de Douradina.

Investimentos privados

Com foco na gera√ß√£o de empregos e renda da popula√ß√£o, o governador participou do lan√ßamento da segunda fase de obras da indústria Inpasa, em Dourados, que devem gerar 250 novos empregos diretos e mais 150 indiretos, que somados aos da primeira fase, j√° em andamento, totalizam 1,7 mil (empregos) diretos e cerca de 3,6 mil indiretos.

Juntando as duas fases de investimentos, s√£o mais de R$ 2 bilh√Ķes empregados nessa unidade, que é a terceira planta brasileira do grupo. "Uma empresa quando escolhe um local para se instalar, olha seguran√ßa jurídica, leis e marcos regulatórios, a din√Ęmica da equipe. É muito importante dar confian√ßa ao empres√°rio e acho que tudo isso é um ambiente realmente importante que foi criado no Estado", disse o governador.

Ainda nesta semana o governador visitou a constru√ß√£o da nova f√°brica de celulose da Suzano, em Ribas do Rio Pardo, na BR-262. O local vai receber um investimento de R$ 14,7 bilh√Ķes de até 2024.

"Ribas do Rio Pardo vive um crescimento econômico com a instala√ß√£o dessa f√°brica, que vai gerar até 10 mil empregos diretos durante as obras e outros tr√™s mil depois do início da opera√ß√£o", descreveu.

Para o empreendimento o governo do Estado e a empresa firmaram uma série de compromissos, entre eles a utiliza√ß√£o da m√£o de obra local. "A cidade est√° em um momento importante e, para absorver todo esse investimento, vamos continuar estruturando as √°reas de infraestrutura, seguran√ßa, saúde, habita√ß√£o e educa√ß√£o".

Ferrovias

Para alavancar a economia e reduzir os custos de transporte, o governador também participou do lan√ßamento do programa "Pro Trilhos", em Brasília, no Pal√°cio do Planalto.

O evento abriu o "Setembro Ferrovi√°rio", concedendo 10 autoriza√ß√Ķes para a constru√ß√£o de 3,3 mil km de trilhos, com previs√£o de investimento de R$ 53 bilh√Ķes. Para Mato Grosso do Sul foram autorizadas 76 km de ferrovia entre Maracaju e Dourados, ao custo de R$ 2,85 bilh√Ķes.

O governador ainda comemorou a Medida Provisória 1.065 que autoriza empresas privadas a investirem em ferrovias e pediu celeridade para sua aprova√ß√£o no Congresso Nacional. "É uma MP que todo mundo ganha, tive uma reuni√£o com os governadores, temos um grande apoio, pedimos ao presidente Rodrigo Pacheco (do Senado) que tramitasse rapidamente a MP para a gente validar isso e ter o destravamento desse investimento ferrovi√°rio".

Fonte: Leonardo Rocha, Subcom

Comunicar erro
UNIGRAN

Coment√°rios

ABEVE