UCP GIF.gif
PI 055 - ASSOMASUL - MS WEB RADIO
PI 167 - CAMARA - MS WEB RADIO

Quase 105kg de cocaína é apreendida pelo DEFRON com professor de letras

Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico

Por Redação em 20/01/2022 às 17:12:19

Após investigações dos policiais civis, foi apontado que um professor de letras da rede de ensino do município de Ponta Porã estaria "ostentando", nos últimos meses, um padrão de vida incompatível com o salário que ele recebia como professor.

Nas redes sociais ele passou a postar varias fotos de viagens e festas sempre ao lado de "barões do tráfico" da região de fronteira.

Diante disso a DEFRON apurou que o professor Walter Manoel Riquelme Brites, de 33 anos, estava utilizando o imóvel residencial pertencente a sua mãe, residente na Espanha, para armazenar drogas.

Após a investigação na manhã desta quinta-feira (20), no Jardim das Rosas, em Ponta Porã, policiais da DEFRON flagraram quando Walter parou um automóvel GM Celta, de placas paraguaias na frente do local e logo em seguida saiu carregando uma caixa de isopor.

No carro, além do professor, estava mais duas pessoas durante a abordagem dos policiais da DEFRON.

Vistoriada a caixa de isopor, não foram encontradas drogas em seu interior. Contudo, logo relatou aos policiais que a mãe dele não possuía relação com a droga que estava no interior da residência.

Perguntado o que havia na residência, Walter expôs que guardava para "desconhecidos" tabletes de pasta base de cocaína, recebendo R$ 10.000,00 por semana por essa empreitada.

Vistoriado o imóvel, foram encontrados dentro de caixas de papelão e de isopor centenas de tabletes de pasta base de cocaína, que pesados totalizaram 104.650 kg.

Sobre as duas pessoas que estavam no automóvel, apurou-se que na companhia do preso iriam realizar um churrasco em um Espaço de Lazer, não se identificando relação deles com a traficância de drogas.

Apurou-se, também, que o investigado, que no momento da abordagem policial identificou-se como professor de letras, teve o seu contrato de trabalho rescindido pelo município de Ponta Porã em dezembro de 2021.

Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, sendo representado pela decretação de sua Prisão Preventiva.

Fonte: Dourados Digital

Comunicar erro
MASTERS

Comentários

Dircel Hall