PI 4110 - UEMS - MS WEB RADIO

Recordista em mandatos, Londres Machado debuta na função de líder do governo na ALMS

Conciliador e conselheiro, Londres é exaltado por colegas de parlamento e funcionários

Por Jornalista Antonio Neres em 23/02/2023 às 20:00:29

Aos 81 anos e com vasta experiência política, o deputado Londres Machado (PP), que já exerceu o cargo de presidente da Assembleia Legislativa e de governador interino de Mato Grosso do Sul em 1979 e 1980, vai experimentar pela primeira vez, em sua trajetória de 13 mandatos, o cargo de líder do governo na Casa de Leis estadual.

Escolhido a dedo pelo governador Eduardo Riedel (PSDB), Londres comenta que pensou em recusar o convite, mas diante de um pedido tão pessoal resolveu aceitar a missão de representar o Executivo na Assembleia, saindo da atuação dos bastidores para voltar ao protagonismo no parlamento.

Londres Machado se elegeu deputado pela primeira vez em 1970 e em 2023 se tornou líder do governo Riedel na Alems (Foto: Reprodução)

"Tem coisas que às vezes a gente não pode recusar. Quando o Riedel me chamou, por duas vezes, querendo que eu fosse o líder do governo na Assembleia, eu realmente pensei em recusar, porque não queria assumir um cargo na assembleia, mas quando a coisa é muito pessoal a gente não pode recusar", informou o deputado constituinte.

Além de sua experiência de mais de 40 anos como deputado, Londres acredita que seu perfil conciliador entre os colegas de parlamento o credenciou para ser escolhido líder do governo tucano entre os 24 deputados.

"Sei muito bem o que é ser líder e sei dos confrontos e desencontros entre os deputados, mas graças a Deus tenho bom trânsito em toda a bancada. Além disso, hoje está fácil ser líder, porque tem 21 deputados comprometidos com o projeto do governo Riedel. Temos apenas que administrar os projetos e emendas, não existem mais aquelas discussões histéricas que tinham antigamente. Tenho condição de fazer essa união de deputados e governo, nosso papel será de líder para conciliar, não para brigar", concluiu o parlamentar.

A escolha do deputado octogenário como líder do Executivo é vista como acertada pelos parlamentares, desde os novatos até a velha guarda da Casa de Leis.

"Tenho muito que a aprender com o deputado Londres Machado, afinal ele é nosso decano, um parlamentar que é recordista nacional de mandatos, tenho certeza que vamos fazer um ótimo trabalho juntos. Ele é uma figura histórica teve relacionamento político com meu avô (neto do ex-governador Pedro Pedrossian) durante os governos, meu avô respeitava muito a visão politica dele. Sempre foi conhecido como um grande articulador político, passou por todos os governos e sempre teve papel de destaque em todos eles", comentou Pedro Pedrossian Neto (PSD), que em seu primeiro mandato será vice-líder do governo ao lado de Londres.

A biografia pessoal de Londres Machado se confunde com a história de criação do Estado de Mato Grosso do Sul e sua atuação na vida pública serviu como espelho para ex-adversários políticos, que hoje dividem o parlamento ao seu lado.

"Quando cheguei ao Estado fui para Fátima do Sul, que é a cidade do Londres. Lá me tornei amigo do André Puccinelli, portanto, éramos adversários. O Londres sempre foi uma pessoal muito afável, o conheci quando eu tinha 18 anos e quando você é jovem você cria uma imagem sem conhecer. A partir do momento que conheci fiz a seguinte leitura: ninguém tem 13 mandatos como o Londres se não tiver valor. Ele é uma pessoa que cumpre o que fala, coloca a instituição em primeiro lugar e está sempre preocupado com o funcionamento da casa legislativa. Um parlamentar que serve de referência e exemplo para muitos", salientou Junior Mochi (MDB), que conhece Londres Machado há mais de 43 anos.

"Cresci na minha instituição ouvindo falar de Londres Machado, de sua grande força parlamentar e que foi várias vezes presidente da Assembleia. Lembro que nas grandes discussões que aconteciam na Polícia Militar, de buscar direitos e garantias, a gente tinha um horizonte na Assembleia com o Londres Machado. Ele era a pessoa a ser procurada para ser discutido o projeto e ter o apoio dele era meio caminho andado. Hoje tenho uma grande alegria de estar na assembleia e ser deputado junto com ele. Desde o primeiro dia que cheguei aqui ele foi um grande inspirador e uma pessoa que me aconselha bastante", relembrou o deputado Coronel David (PL).

Muito mais do que a experiência e ensinamentos repassados aos colegas que dividem o parlamento, Londres Machado é figura conhecida e muito querida também por funcionários que há anos dividem os corredores da Assembleia Legislativa.


"Eu também comecei aqui em 2 de janeiro do 1979 e ele já começou como o nosso presidente, que era deputado do Mato Grosso ainda. Na época eu fui admitido em regime CLT como primeiro contador da assembleia e desde então passamos a ser parceiros, com um tratamento sempre cordial da parte dele e estamos até hoje aqui. Essa indicação para que ele seja o líder do governo demonstra tudo aquilo que ele representa, porque nesses mais de 40 anos de vida pública, ele sempre demonstrou ser uma pessoa centrada, cordial e de diálogo, que sabe trabalhar as circunstâncias nos mais difíceis momentos", contou Jericó Viera dos Santos, que exerce a função de secretário de finanças da Alems há 44 anos.

Indicada pelo deputado Londres Machado para exercer o cargo de secretária de Recursos Humanos da Assembleia Legislativa há mais de 33 anos, Marlene Figueira destaca a importância e o perfil de conselheiro do parlamentar com todos os servidores da Casa.

"Deputado Londres é um baluarte, uma pessoa fantástica, equilibrado e qualquer problema é só levar para ele que ele nos aconselha e ajuda a encontrar uma solução. Uma pessoa que traz a harmonia. Confesso que enquanto ele estiver aqui eu fico feliz em estar também, porque sei que tem alguém que pode resolver as questões do dia a dia sem desmerecer os outros. Ele não fala mais "meus eleitores', chama todos de amigos. A relação dele com os companheiros é realmente de amizade, a gente percebe que ele tem um carinho por todos e as pessoas consideram muito ele. Sinto-me lisonjeada de trabalhar perto dele porque ele é um ícone", classificou servidora que auxiliou Londres a desenvolver o estatuto da Assembleia.

- CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Fonte: Campo Grande News

Comunicar erro
MODELO
UCP TOPO
MASTERS
SICOOB