Pai denuncia monitor de equoterapia por suposta agressão a criança autista em MS

O caso segue em investigação pela PolĂ­cia Civil

Por Mirian Machado em 21/06/2024 às 10:15:53

O pai de uma criança de 6 anos, procurou a delegacia de TrĂȘs Lagoas, a 323 km de Campo Grande, para denunciar o monitor de equoterapia por supostamente agredir o filho durante sessão.

O caso foi registrado na Depac da cidade. Conforme entrevista do pai à RĂĄdio Caçula, o filho é autista não verbal e teria saído chorando da sessão.

Ele teria sido informado por outras pessoas de que um monitor teria dado alguns socos na criança.

O monitor negou os fatos ao pai, dizendo que no momento da montaria, teria empurrado o menino para que ele fosse mantido sobre o cavalo. O pai ainda disse que informou a agressão aos diretores da equoterapia, que afastaram o funcionĂĄrio.

O caso segue em investigação pela Polícia Civil.

Fonte: Midiamax

Comunicar erro
MODELO
UCP TOPO
UNIGRAN

ComentĂĄrios

MASTERS
SICOOB
Garotas que fazem programa